TLKS: Capítulo 1

Tradutor: Lord Fifth.

Mantenha Seu Sorriso a Todo Instante

Eu sou um cavaleiro. Para ser preciso, eu sou o Cavaleiro do Sol da Igreja do Deus da Luz.

A Igreja do Deus da Luz adora e serve o Deus da Luz, e é uma das três maiores religiões neste continente. Mas, embora possa ser classificada em terceiro lugar em termos de tamanho, se estamos falando em termos de história, não existe outra organização religiosa que possa comparar-se com a Igreja do Deus da Luz.

Como todos sabem, a Igreja do Deus da Luz consiste no Templo Sagrado e no Santuário da Luz, que são organizados segundo linhas militares e clericais, respectivamente.

No entanto, as chances de guerra se desencadearem são extremamente baixas durante esses tempos pacíficos. Sem guerras, as companhia de cavaleiros não pode mobilizar-se. Se a companhia de cavaleiros não puder se mobilizar, então não podem saquear, saquear sob a capa do caos da guerra…! De qualquer maneira, atualmente, o Templo Sagrado não consegue pagar a manutenção de doze companhias cheias de cavaleiros. Assim, eles decidiram simplesmente reunir todos os cavaleiros e formar uma  única companhia do Templo Sagrado, que pode  ser dividida em doze pelotões. Quanto ao pelotão que me relata, é obviamente o Pelotão do Cavaleiro do Sol.

A companhia original do Cavaleiro do Sol foi encolhida, transformando-se no Pelotão do Cavaleiro do Sol, mas de todos os capitães, os santos cavaleiros, essa mudança tem o menor impacto em mim. Isso é porque, como líder de toda a companhia do Templo Sagrado. Enquanto eu for um comandante desta companhia, quem se importa se é a Companhia do Cavaleiro do Sol ou Companhia do Templo Sagrado, certo?

Então, quem são os doze capitães dos Santos Cavaleiros?

Wow, é melhor apresenta-los lentamente. Se eu mostrar uma lista de nomes, dez de dez pessoas não conseguiriam lembrar quem são eles.

Vamos começar por este companheiro caminhando ao meu lado. Está certo; Estou falando sobre um cara com o cabelo azul que está ocupado flertando com todas as senhoras da próximidade. É ele, o Cavaleiro da Tempestade.

Cada um dos Cavaleiros sagrados tem sua própria personalidade esperada – é verdade, você ouviu claramente, uma personalidade “esperada”.

Por exemplo, o Cavaleiro do Sol nasceu para ser o porta-voz do benevolente Deus da Luz.

Está certo. Eu sou seu porta-voz.

Como tal, não importa quais sejam as circunstancias, devo mostrar um sorriso tão incandescente quanto o sol. Mesmo que a pessoa a quem estou prestes a me encontrar é aquele em que eles chamam de monarca mais desagradável de todos os cinco reinos em todo o continente, aquele porco gordo que é o Rei do Reino do Som Esquecido², ainda devo sorrir como se estivesse prestes a ver um bebê lindo e fofo.

Me forçando a tratar um porco gordo como um bebê fofo… – Oh, irmão! Você entende o nível de dificuldade disso?

“O Deus benevolente da Luz perdoará seus pecados”

Esta frase é algo que eu tenho que dizer mais de cem vezes por dia, além disso, devo usar o meu sorriso mais perfeito quando eu a digo. Esta é a vida de um Cavaleiro do Sol, sempre usar um sorriso e perdoar a todos.

Isso porque, como o continente inteiro sabe, o Cavaleiro do Sol nunca desistirá da redenção de qualquer individuo!

Assim, mesmo que eu realmente queira matar aquele porco gordo com um único ataque de minha espada e fazer aquele velho rabugento que se recusa a entregar o trono para seu filho que é muito mais agradável do que ele, eu não posso. Eu só posso continuar sorrindo brilhantemente enquanto caminho e fazer o meu melhor para persuadir aquele porco a deixar de cobrar impostos elevados de sua população.

Ah, mas estamos desviando do tópico.

De volta ao que eu estava dizendo, assim como o Cavaleiro do Sol é o porta-voz do benevolente Deus da Luz, o Cavaleiro da Tempestade é representante da “liberdade”. Como tal, ele é “despreocupado” e um “encantador descomprometido”.³

Contando que seja uma reunião, ele pode ignorar….e ele vai ignora-la.

Contando que uma mulher esteja em sua visão mesmo que se pareça com um dragão, ele terá que lhe dar uma piscadinha como se fosse a mais pura e delicada donzela.

Enquanto é algo que tenha menor conexão com a palavra “liberdade”, ele terá que se envolver. Por exemplo, se ocorrer uma revolução em algum lugar, ele deve, pelo menos, dirigir-se até lá e dar um discurso entusiasmado. Às vezes ele ainda não poderá sair depois do discurso, tem situações que ele acaba sendo forçado a liderar algum grupo de rebeldes.

Entretanto, mesmo que ele perca todas as reuniões feitas pelo Templo Sagrado, ele ainda saberá exatamente o que foi discutido durante as reuniões e até conseguiria completar todos os trabalhos que lhe foi atribuídos. Às vezes, ele terá uma quantidade especialmente grande de trabalho. Não há o que fazer, quem pediu pra ele não assistir a reunião? Claro, nós aproveitamos sua ausência para empurrar todo o trabalho para ele!. Ele mesmo saberia se a próxima reunião não pudesse ser ignorada, e então se apresentaria a tempo de participar.

Isto é, você pode ser chamado de Cavaleiro da Tempestade despreocupado e, na superfície, você pode ignorar as reuniões, mas você ainda precisa completar os relatórios que lhe foram atribuídos!

Quanto a parte sobre ele ser um “encantador descomprometido”… No nosso caminho, não importa se fossem princesas, senhoras, criadas ou donas de casa, matronas armadas, ele iria dar uma piscadela a todas que viu com um sorriso brincalhão nos lábios.

No entanto, eu suspeito que esse sujeito ainda é um virgem inocente. Apesar de tudo, mesmo como a reputação como “um encantador descomprometido”, em todos os anos que eu o conheci, nunca vi uma mulher grávida chegar até ele exigindo que ele assumisse a responsabilidade.

Esse sorriso malicioso dele provavelmente é falso, assim como esse cabelo azul.

Está correto; O cabelo deste colega é tingido!

Por que?

Como todo o continente sabe, o Cavaleiro da Tempestade tem cabelos azuis!

Eu não sei se o primeiro Cavaleiro da tempestade realmente tinha cabelos azuis ou se ele só queria parecer legal e então tingiu o cabelo de azul. Em qualquer caso, ele causou muitos problemas para as gerações subsequentes de Cavaleiros da Tempestade. Afinal, há realmente alguma criança com cabelos azuis neste continente que alguém tenha visto?

Obviamente, não há nenhuma!

Assim, todos os Cavaleiros da Tempestade subsequentes tiveram que colorir o cabelo de azul para o resto de suas vidas. A causa da morte para oito de cada dez deles é a insuficiência renal por tingir seus cabelos demais… Suspiro! Vou fazer um momento de silencio para você agora, Tempestade.

“Você disse algo, Sol?” Ao meu lado, Tempestade levantou as sobrancelhas. A expressão em seu rosto parecia estar me dizendo para não interrompê-lo enquanto ele estava ocupado dando piscadelas para mulheres ao longo do nosso caminho.

“Na verdade, não disse nenhuma palavra para você, irmão Tempestade. Talvez possa ter ouvido, um suave murmúrio do benevolente Deus da Luz” – Respondi com um sorriso calmo.

Com um olhar dolorido em seu rosto, Tempestade virou-se para mim. Eu acho que ele realmente não aguenta o meu modo de falar, porque mesmo eu não consigo suportar minha maneira de falar. No entanto, não há outra opção além desta, assim como Tempestade não tem escolha além de ter que dar a cada mulher uma piscadinha, mesmo que ela seja tão hedionda quanto um dragão, tenho pena dele, pobre Tempestade… Hummm!!

Quanto a mim, não tenho alternativa senão colocar todas as sentenças que falo junto ao Deus da Luz, mesmo que a conversa seja sobre a obstrução do vaso sanitário – No caso ele fique entupido, deve ser de acordo com a vontade do Deus da Luz.

Consequentemente, não gosto de falar. Afinal, ninguém fez uma regra avisando que o Cavaleiro do Sol tem que conversar bastante.

Louvado seja o Deus da Luz, felizmente o primeiro Cavaleiro do Sol não deixou uma impressão como um sujeito falador. estes são meus pensamentos mais profundos.

De volta ao tópico sobre o cabelo, assim como o Cavaleiro da Tempestade deve ter um cabelo Azul, eu, cavaleiro do sol, devo ter cabelos dourados e olhos azuis.

Foi precisamente por causa desse cabelo dourado e brilhante que, durante a competição de seleção para se tornar um dos Doze Santos Cavaleiros, que eu consegui derrotar outro garoto, cuja a cor de seu cabelo está mais próximo ao marrom, porém acredito que sua habilidade com espada me superava em umas três vezes.

Naquela época, meu professor ou seja, o Cavaleiro do Sol anterior quase parecia ter um olhar arrependido em seus olhos quando anunciou que eu seria o vencedor da seleção.

Seu olhar permaneceu focado no menino de cabelos castanhos.

Felizmente, embora minha esgrima não estivesse perto do nível deste jovem gênio, eu ainda poderia ser considerado um talento excepcional em algumas outras áreas, confortando um pouco, meu professor.

No entanto, de vez enquanto, eu o ouviria conversar em particular com um investigador, perguntando “Você já encontrou o menino de cabelo castanho? Eu já comprei uma tintura perfeita para o cabelo dele…”.

 

Depois de uma caminhada por um corredor ridiculamente longo de quase dez minutos, que por sinal foi um completo de desperdício de dinheiro da população, finalmente chegamos ao auditório. Como eu disse nosso proposito em ver o Rei, é para convence-lo a reduzir os impostos… embora eu sinta que seja uma realização absoluta se eu pudesse apenas, convence-lo a não aumentar os impostos ainda mais.

“Saudações, eu sou o Cavaleiro do Sol da Igreja do Deus da luz. Pela benevolência do Deus da Luz, venho buscar uma audiência com Sua Majestade, o Rei, para espalhar a mensagem de amor do Deus da Luz”, falei serenamente aos guardas, sorrindo.

Um dos guardas teve um olhar ansioso em seu rosto, me olhou com alegria por alguns instantes antes de se voltar-se para transmitir a mensagem da nossa chegada. Instantes depois, as portas para a sala a nossa frente estavam lentamente abrindo.

Falei algumas palavras aos guardas com um sorriso de agradecimento, pude ver que um dos guardas estava à beira das lagrimas. Ao notar aquela luz brilhando em seus olhos, pensei, Há! Parece que o número de membros do meu fã clube acabou de aumentar em mais um.

A expressão do guarda era uma surpresa diante de uma gentileza inesperada, como se ele mal pudesse acreditar que eu exibiria tal cortesia a eles, um humilde guarda. A verdade seja dita, era apenas ele que pensou muito sobre isso. Quer se trate de uma audiência com o rei ou com um mendigo no canto da rua, sempre haverá um sorriso impecável e adequado para um Cavaleiro do Sol em meu rosto, por que eu sou um cavaleiro, simples né? Não, não é!

Eu sou Cavaleiro do Sol com um sorriso eternamente radiante.

Nós entramos na sala de audiência grandiosa e, com toda certeza, essa maldita banheira de banha tetuda ainda estava sentado no trono parecendo mais gordo comparado a ultima vez que eu o vi! Ele era praticamente tão amplo quanto os três guardas anteriores. Querido Deus – pensei – como é que ele ainda não morreu de ataque cardíaco ou alguma outra condição provocada pela obesidade?

Com um sorriso perfeito, ajoelhei-me, resistindo fortemente ao desejo remover ele do trono pela força. Suavemente, peguei a sua mão flácida de Rei e rapidamente a beijei, antes de levantar a cabeça. Ainda sorrindo disse: “Vossa majestade, a Igreja do Templo Sagrado do Cavaleiro do Sol, transmite a benevolência do Deus da Luz para você”.

“Basta, o suficiente! Você sempre diz “Transmitir benevolência” mas, no final, você sempre vem apenas para deixar problemas!” Esse porco gordo, projeto de rei acenou sua mão bruscamente e de maneira desdenhosa.

Se você não os criasse primeiro, você acha que eu gosto de vir e ver como mais gordo você fica a cada dia que se passa?

Com o meu sorriso mais inocente e sincero, continuei a explicar: “Vossa Majestade, a benevolência do Deus da Luz se espalha pelo continente para ajudar as massas, os ensinamentos da justiça e da compaixão; Sua finalidade é nunca criar problemas para você, meu Senhor. Eu ficaria realmente triste se houvesse um mal entendido e espero que Sua Majestade me conceda a oportunidade de resolver esta situação”.

“É O BASTANTE!” O cansaço apareceu no rosto do rei enquanto ele ouvia o meu discurso, e falando superficialmente: “Apresse-se a fale; Por que exatamente você veio aqui gastar o meu tempo?”.

“Estou muito agradecido pela oportunidade de corrigir esse mal-entendido e estou tocado pela graça e compaixão de Sua Majestade”, eu disse, levantando de uma maneira impecavelmente cortês. Internamente, respirei fundo antes de lançar o discurso, que até eu achei insuportavelmente longo. Que o Deus da Luz me ajude.

“Desde os tempos antigos, a benevolência do Deus da Luz e seu amor universal cobriram o continente, e cada habitante dele é seu filho, seu amado filho. Existe algum pai sob os céus que não se preocupa com o bem-estar de seu filho? Uma vez que não há tais pais, então o Deus da Luz também, certamente deseja que os cidadãos deste continente vivam suas vidas não com carência, mas com abundancia. No entanto, embora o Deus da Luz seja um Deus onipotente, Ele não quebra a aliança e proíbe que os outros deuses se aproximem do reino mortal. Assim, ele confiou a Igreja do Deus da Luz a tarefa de promover e compartilhar sua filosofia de amor e misericórdia, confiou a seus filhos mais amados, divinamente nomeados deste continente…”

O rei deu um enorme bocejo, não poupando nenhuma atenção para os meus sentimentos ou palavras.

Você é um idiota que só precisa escutar. Você tem noção da dor que é pra mim, ter que falar tanto assim?!

“… No entanto, por anos consecutivos, as colheitas pobres fizeram com que as pessoas amadas se deslocassem para uma vida de incerteza e pobreza. Eu sou apenas um humilde Cavaleiro do Sol, portanto, não consigo compreender os pensamento do Deus da Luz, mas mesmo eu posso entender o seguinte: como o Deus da Luz pode permitir que seus filhos sofram assim? Quando a vida de seu povo é dura – oh queridos céus! Que tristeza o Deus da Luz deve sentir. Sua tristeza, por sua vez, me leva, o Cavaleiro do Sol, a sentir tal culpa, levando-me a pensar que, falhei com Deus da Luz na tarefa que me foi confiada, por ter permitido que a vida de seus filhos se tornem tão perigosas e sofridas…”

O rei começou a assentir. Ao lado dele, seus dois conselheiros principais trouxeram documentos e estavam consultando o príncipe herdeiro sentado próximo ao rei. Neste instante começou a analisar e a fazer alterações aos documentos que os conselheiros entregaram a ele.

Ao meu lado, Tempestade já havia dado a todas as mulheres da sala de audiência uma piscadinha e estava prestes a começar da primeira que ele viu inicialmente.

“… Apesar de viverem em circunstancias tão trágicas e dolorosas, os cidadãos continuam a abrigar um profundo respeito pelo rei com seus corações patrióticos, oferecendo seus pagamentos de impostos na integra. Seu gesto é, por tanto, nobre, assim abnegado. Tal nobre auto sacrifício deve ser recompensado em conformidade, Sua Majestade. Pois, enquanto aumenta os impostos, é um curso de ação necessária, porém você deve, em consideração nobre ao abnegamento dos cidadãos, retribuir sua boa vontade; Só então o principio de compaixão do Deus da Luz será mantido”.

Estou tão tocado! Eu finalmente alcancei o ponto principal – isso mesmo, reduzir os impostos! Porco gordo estúpido, o rendimento da colheita já é tão pequeno e você ainda adicionou outro imposto seu retardado. Você está tentando forçar os cidadãos a se revoltarem contra você?!

“O que?” O rei ficou de repente acordado, bateu a mão na mesinha a frente enquanto gritava: “ Se não aumentarmos os impostos, de onde virá o dinheiro para a expansão do palácio?!”

Nãããooooo…. Não me obrigue a ter que falar novamente! Pensei, em agonia.

“Sua Majestade”. De forma casual, o Cavaleiro da Tempestade fez uma observação: “Vinte por cento da colheita é a quantidade recolhida em todos os reinos deste continente. Se você insistir em aumentar os impostos, a Igreja do Deus da Luz não providenciará qualquer assistência, em caso de qualquer situação problemática”.

Uma ameaça simples, direta no ponto, executada sem pena! Tempestade, bem dito! Estou tão agradecido a você! Eu pensei. No entanto, na superfície, eu ainda o repreendi severamente: “Tempestade, como você pode falar assim com a Sua Majestade, o rei? Isso vai contra o principio do Deus da Luz, não fale frívolos”.

Tempestade encolheu os ombros. Teoricamente, ele deve prestar atenção as ordens emitidas por mim, o líder dos Doze Santos Cavaleiros, e então ele não falou, mas o que não deveria ter sido dito já foi dito, então manter o silencio não faz muita diferença.

Exceto, é claro, não que era realmente um grande problema, já que todo o continente sabe, o Cavaleiro da Tempestade não se importa com regras ou formalidades, essa é a parte de sua personalidade descontraída de modo que ninguém vai realmente se meter entre nós é claro.

“Isso, isso é uma ameaça!”. Exclamou o Rei gaguejando e tremendo em fúria.

“Oh! Sua Majestade”, – eu me apressei a explicar. “Por favor, não entenda mal; o Deus da Luz jamais empregaria um método tão rude quanto uma ameaça a alguém…”

… Mas a Igreja do Deus da Luz irá.

“Nós, estamos transbordando sentimentos de tristeza e compaixão, simplesmente não podemos suportar ver as pessoas em dificuldades…”

Você maldita banheira de banha! Não me beneficiaria, o mínimo, se as pessoas preferissem se revoltar contra você! Há especialmente pouquíssimo ganho para a Igreja, que não obtém quase nada por meio dos impostos e doações, mas ainda deve enviar tropas para ajuda-lo a suprimir as revoltas! Olhe os fatos e remova o decreto de aumento dos impostos ou vamos assistir enquanto você é cortado e transformado em carne picada para recheio de bolinhos e então ajudaremos o príncipe da coroa a subir ao trono!

“Principe da Coroa, ehh, o Papa contou-me na ultima vez em que estive com ele, que muito o admira. Ele me pediu para saber quando poderíamos chama-lo de ‘Sua Majestade’? ”. Cavaleiro da Tempestade fez a pergunta diretamente dirigindo-se ao príncipe herdeiro.

“Recebemos os bons elogios do Papa com muita gratidão”, respondeu com grande cortesia.

Hahaha! Tempestade, você é o melhor! Mais uma ameaça simples, mas eficaz, para esse porco gordo!

Pensando no Rei: se você não rescindir o decreto de aumento de imposto, então vamos força-lo a abdicar do trono! Afinal, você não se atreverá a se mover contra seu filho mais velho.

O rosto do rei ficou cinza, depois de hesitar por um longo tempo, ele finalmente deu um aceno fraco com a mão e disse: “Uma vez que a colheita é pobre, devemos desacelerar a expansão do palácio e não aumentar os impostos”.

Muito bom! Posso finalmente relatar ao Templo da Luz. Não há tantas pessoas no Templo que podem me forçar a falar! Eu finalmente posso voltar a ser um silencioso Cavaleiro do Sol!

“No entanto, Cavaleiro do Sol, uma vez que você raramente vem ao palácio, iremos realizar um banquete está noite para limpa-lo da poeira de suas viagens. Você deve certificar-se de ter algumas rodadas de bebida comigo, ou então você não estará me dando nenhuma face!” Enquanto falava, o rei sorriu tão amplamente que seus olhos ficaram apertados.

Ao ouvir isso, Tempestade me lança um olhar preocupado.

Como todo o continente sabe, o Cavaleiro do Sol não tem resistência para bebida. Um copo e seu rosto ficará vermelho, dois e sua cabeça começará a doer, e ao terminar o terceiro copo, ele vai cair inconsciente.

Eu dei um sorriso fraco e deixei um ar de perturbado, mas naturalmente, era apenas uma fachada. Depois de ser ameaçado duas vezes seguidas, se o Rei não tivesse a menor realização, ele provavelmente trará problemas a Igreja no futuro e isso sim seria… ruim.

“O Sol… fará o melhor possível”, respondi formalmente, e fiz um show de concordar com a vontade do rei enquanto me ajoelhava com um olhar fingindo desamparo.

“Hahaha! Homens! Apressem-se e vão ao preparo do banquete, traga o melhor e mais forte vinho disponível!”

Quando o rei ordenou aos seus empregados que começassem a fazer os preparativos, o príncipe herdeiro me deu um olhar apologético. Afinal, foi ele quem secretamente contatou a igreja e nos pediu pra intervir quando percebeu que não poderia impedir seu pai de aumentar os impostos.

Embora Tempestade ainda estivesse piscando para todas as senhoras presentes, agora ele também me lançou olhares preocupados.

Qual o motivo para preocupação? Deixem-me dizer uma coisa clara: Eu sou um bebedor invicto!

É verdade, eu, o Cavaleiro do Sol que supostamente, não posso tomar nada mais que três copos de vinho, sou melhor demônio de toda historia quando o assunto é bebidas!

Eu pensei no passado, em uma época em que meu professor me trouxe para um porão secreto e misterioso…

“Criança, sua lição para hoje é beber vinho”

“O que? Mas professor, o Cavaleiro do Sol não tem uma baixa tolerância para bebidas?”

“O Cavaleiro do Sol sempre perdoa os outros, mas você já perdoou alguém?”

“Não”

“O Cavaleiro do Sol sempre usa um sorriso, mas quantas vezes você realmente sorriu do fundo do seu coração?”

“Apenas algumas vezes…”

“O Cavaleiro do Sol é um porta-voz benevolente, mas você é realmente benevolente?”

“…”

“Criança, se você tem um baixa tolerância para beber, então, como você vai ter certeza de que depois de beber, você ainda poderá manter a imagem do Cavaleiro do Sol como alguém que fica vermelho no primeiro copo, tem uma dor de cabeça no segundo e cai inconscientemente após o terceiro? Então, entenda, a ideia de que o Cavaleiro do Sol tem pouca tolerância para beber é realmente fundada na premissa de que o Cavaleiro do Sol não pode ser derrotado pela bebida”.

Este argumento pode soar realmente razoável, mas quando eu penso cuidadosamente, parece ser cheio de contradições também!

“Beba, criança. Você tem que beber vinho todas as noite até o próximo mês, até que você possa beber vinho como se fosse apenas água”.

“…”

No ano em que eu fiz doze anos, me tornei alguém que poderia beber vinho tão facilmente como quem bebe água, um bebedor invicto, tudo por causa da imagem do Cavaleiro do Sol como um bebedor fraco.

De volta ao presente, dez minutos depois do banquete daquela noite, com o rei me forçando a beber, eu “perdi a consciência” depois do meu terceiro copo de vinho.

Muito bom! Posso finalmente voltar para a sala e dormir.

Tempestade realmente lamentava, no entanto.  Por causa de sua imagem como Cavaleiro da Tempestade, ele ainda está acordado e piscando para todas as senhoras. Levando em conta o numero de senhoras presentes… ele não voltará a dormir até a meia-noite, quando seus músculos faciais ficarem doloridos de tanto piscar.

 

Notas do tradutor: Tenha fé no Lord Fifth e ganhe vida eterna! Quando Lord Fifth aparece quem ousa causar conflito? (Nota do Kallu: …)

1-      Aos nossos queridos amigos que ainda não entenderam, o Cavaleiro da Tempestade assim como o Cavaleiro do Sol é tanto o nome deles quanto sua posição dentro da igreja.

2-      Demônio para bebidas: Sol chama aqui é mais perto de ser “alguém que não cairá inconsciente mesmo depois de mil bebidas”. Isso implica que ele tem uma tolerância muito alta para licor.

Amigos em caso de erros por gentileza avisem, comentem o que estão achando sobre a novel.

  • Fênix Divina

    Curti