RMJI: Capítulo 1

A Aldeia Pela Floresta

 

O “Segundo Idiota {1}” abriu seus olhos e viu a sujeira e a palha em cima da sua cabeça. A colcha que cobria o seu corpo tinha um cor amarela escura e tinha cheiro de mofo. Ela era tão antiga que já não dava para saber qual era a sua cor original.

Próximo a ele deitava seu segundo irmão, Han Zhu, que dormia profundamente enquanto roncava sem parar.

A cinco pés da cama, estava uma parede de barro que tinha sofrido inúmeras rachaduras devido a passagem do tempo. Do outro lado da parede veio a incômoda voz de sua mãe e o ocasional trago de seu pai que estava fumando um cachimbo.

O Segundo Idiota lentamente fecha seus olhos, tentando forçar-se a dormir. Ele sabia que se não dormisse agora, não conseguiria acordar cedo no dia seguinte, e seria incapaz de ir para as montanhas coletar lenha reunido com seus melhores amigos.

O nome real do Segundo Idiota é Han Li. Este elegante nome não foi dado por seus pais. Quando ele nasceu, seus pais ofereceram dois pedaços de pão de milho ao Ancião Zhang para ele dar ao bebê Han Li seu segundo nome.

Quando Tio Zhang era jovem, ele tinha frequentado uma escola para crianças ricas na cidade. Como ele era o único na vila que sabia ler algumas palavras, mais da metade das crianças na vila tiveram seus nomes dados por ele.

Han Li foi chamado “Segundo Idiota” por aqueles da vila. Apesar de seu nome, ele não era visto como um tolo ou inocente. Ao contrário, ele era realmente a pessoa mais inteligente na vila. Mas assim como as outras crianças, exceto sua família, ninguém o chamava pelo seu verdadeiro nome “Han Li”. Em vez, eles o chamavam pelo seu apelido “Segundo Idiota”.

 


O motivo de lhe apelidarem de “Segundo Idiota” foi devido ao fato que já havia alguém chamado “Idiota” na aldeia.

Este apelido não era nada. Haviam crianças na aldeia que eram chamadas de “Cãozinho” e “Ovo Estúpido”. Estes nomes não soavam tão agradáveis quanto “Segundo Idiota”

Por causa disto, Han Li se sentiu um pouco consolado mesmo que ele não gostasse muito desse apelido.

Fisicamente, Han Li era muito ordinário. Ele era bronzeado e combinava com as descrições  genéricas de uma criança nascida em uma comunidade agrícola. No entanto o seu coração se amadurecia muito mais rápido do que aqueles da mesma idade, desde que era jovem, ele ansiou para o dia, que seria capaz de deixar está pequena aldeia e explorar as férteis terras do mundo afora que o Tio Zhang sempre falou.

Han Li  nunca ousou falar sobre seu sonho para ninguém da vila porque isto os fariam profundamente chocados. Afinal, deixar este lugar era uma coisa que nem mesmo os adultos pensavam sobre, muito menos uma pequena criança. Crianças da sua idade só sabiam como perseguir galinhas e cães. Eles nunca pensaram sobre a estranha ideia de deixar a vila.

A família de Han Li tinha um total de sete membros, incluindo uma irmã e dois irmãos mais velhos e uma irmã mais nova. Ele era o quarto mais velho nesta família e neste ano ele acabava de completar dez anos. Juntos, eles viviam um estilo de vida pobre porém honesta. Muito raramente eles comiam carne e peixe, mas toda a família estava contente em viver com poucos recursos.

Neste momento, Han Li estava  pairando entre o estado de sono e consciência. Ele vagou lentamente para o sono, só existe um pensamento em sua mente. Quando estivesse nas montanhas, ele iria colher bagas{2} vermelhas para sua irmã mais nova, a qual era quem ele mais gostava.

 

Na manhã seguinte, ao meio dia, Han Li estava se protegendo do sol escaldante na sombra feita por uma pilha de madeiras em suas costas. Embrulhado ao redor de seu tórax estava uma bolsa preenchida até a borda com bagas vermelhas que caem a cada passo percorrido para casa. Ele não fazia ideia que naquele momento havia um convidado em sua casa, um convidado que mudaria sua vida para sempre.

Este convidado era parente de Han Li. O seu terceiro tio.

Havia boatos que seu terceiro tio era lojista de um restaurante de uma cidade próxima. De acordo com seus pais, ele era o mais capaz de sua família. Cerca de algumas centenas de anos depois, a família Han finalmente produziu alguém como ele uma pessoa com respeito e status que foi incomparável com o resto de sua família.

Quando Han Li era jovem, ele só viu seu terceiro tio apenas algumas vezes. Seu irmão mais velho só se tornou um aprendiz de um ferreiro na cidade graças às recomendações de seu tio. De vez em quando este seu tio daria comida para seus pais levarem para casa. Isso porque ele havia visto a família Li com boas impressões. Han Li teve uma boa impressão dele. Mesmo que seus pais nunca tenham dito nada, ele sabia que em seus corações, eles estavam muito gratos.

O irmão mais velho de Han Li foi o orgulho e alegria da família. Já que era um aprendiz de ferreiro, ele estava conseguindo enviar para casa 30 moedas de cobre todos os meses, tirando as despesas que ele fazia para viver. E quando finalmente se graduasse como aprendiz de ferreiro, ele ganharia muito mais dinheiro!

Toda vez que seus pais falavam sobre seu filho mais velho, seus espíritos elevavam-se com orgulho. Embora Han Li era jovem, ele tinha uma tremenda inveja. O melhor emprego que ele poderia encontrar seria de aprendiz de um mestre artesanal e depender dos produtos que fez para ganhar dinheiro.

Assim, quando Han Li  viu as novas roupas de cetim e a face arredondada pertencente a seu terceiro tio, Han Li ficou extremamente feliz.

Colocando a lenha em um canto fora da casa, ele foi para a frente da casa saudar seu terceiro tio. “Terceiro tio, Han Li o cumprimenta”. depois disto, ele obedientemente saiu para o lado e ouviu o que seu terceiro tio conversava com seus pais.

Terceiro tio sorriu para Han Li enquanto louvava seu sobrinho. “Que criança compreensível” depois de elogiar Han Li, ele se voltou para os pais de Han Li e explicou a razão de sua visita.

Embora Han não fosse capaz de compreender completamente as palavras que seu terceiro tio estava falando pois era muito jovem, ele entendeu aproximadamente o que estava sendo dito.

Descobriu-se que o restaurante do seu terceiro tio tinha apoio da Seita dos Sete Mistérios, esta seita era dividida no setor interno e externo. Não muito tempo atrás, terceiro tio foi oficialmente reconhecido como discípulo externo. com isso ele poderia trazer crianças entre a idade de 7 a 12 anos para se submeter aos testes de discípulo interno.

A cada cinco anos, a Seita dos Sete Mistérios formalmente emitiria convites para que os jovens participassem do teste para discípulos internos. O teste ocorreria oficialmente no próximo mês. Terceiro tio era um homem inteligente e astuto que não tinha filhos, e o único que ele pensou foi naturalmente Han L,i que cumpria o requerimento de idade.

No momento em que o pai de Han Li ouviu as palavras “Jiang Hu” e “seita”, e depois muitas outras frases que nunca tinha ouvido, ficou muito hesitante. Retirando seu cachimbo e dando um trago, se sentou sem dizer uma única palavra.

De acordo com o terceiro tio, a Seita dos Sete Mistérios poderia ser considerada a melhor seita em várias milhas.

Se alguém se tornou um discípulo interno, não só ganharia um manual de artes marciais grátis, como também  receberia subsídios mensais e teria todas as suas necessidades básicas atendidas. não apenas isso, aqueles que não passaram nos testes para discípulos internos ainda poderiam entrar no setor exterior da seita e tornar-se um discípulo externo como o terceiro tio. Eles poderiam ajudar a Seita dos Sete Mistérios a fazer seus afazeres externos.

Ao ouvir a possibilidade que seu filho poderia receber um subsídio mensal e mesmo tornar-se tão bem sucedido quanto o terceiro tio, o pai de Han Li finalmente decidiu dar sua aprovação.

Depois de obter a aprovação do pai de Han Li , terceiro tio se sentiu eufórico no seu coração. Quando partiu, ele deixou duas moedas de prata, e disse que voltaria em um mês para acompanhar Han Li para a área de teste, durante este período de tempo o pai de Han Li devia assegurar que Han Li seria bem alimentado para melhorar sua constituição, assim seria mais fácil Han Li passar no teste. Depois de dar estas instruções, terceiro tio deu suas despedidas para Han Li e seu pai, deu uns tapinhas na cabeça de Han Li e partiu para a cidade.

Como Han Li não compreendeu totalmente as palavras do seu tio, ele entendeu que seria capaz de ganhar dinheiro na cidade grande. Parecia que seu sonho se tornaria realidade, ele ficou tão excitado que não dormiu por várias noites.

Depois de passar um mês, terceiro tio retornou a vila, para acompanhar Han Li para o local do teste. Antes de Han Li sair seu pai repetidamente o disse maneiras de como se comportar.

Deve ser honesto, ter a capacidade de suportar e evitar causar problemas desnecessários com outros. Já a mãe de Han Li o instrui para que ele tivesse cuidado com sua saúde comendo e dormindo bem. O dia finalmente chegou e seu terceiro tio veio pegar Han Li de carruagem. Conforme seus pais desapareceram de sua vista, Han Li mordeu os lábios para evitar que suas lágrimas caíssem de seus olhos.

Embora ele seja mais maduro do que outras crianças de sua idade, ele é ainda uma criança de dez anos. Esta era a primeira vez que ele deixava sua casa, assim ele naturalmente se sentia depressivo. A saudade estava se desenvolvendo em seu coração. Como também a determinação de voltar para casa quando se tornar rico para nunca mais se separar de seus pais.

 

Han Li nunca teria pensado, que a partir deste momento, o dinheiro perderia qualquer significado para ele. Estava fora de suas expectativas trilhar um caminho diferente dos simples mortais. Em vez disso ele estaria trilhando seu próprio caminho rumo à imortalidade

 

{1} Nota gringa : “Segundo idiota” [er leng zi 二愣子] em Mandarim soa agradável apesar de seu significado.

{2} Nota do tradutor (Drinjer) :Fruto pequeno. Os botânicos, definem a baga como um fruto carnoso de sementes múltiplas. Apresenta muitas sementes no interior do ovário dilatado e sumarento.